Fio de Ariadne

Ah, esse fio de Ariadne…
Por uma Astrologia que testemunhe e dê voz poética a esse eterno tecer.
Sem saídas definidas, seguimos em trajeto.

post Antonio Cicero

Trecho do poema “O Livro de Sombras de Luciano Figueiredo” de Antonio Cícero. Em “Porventura”, 2012, Ed. Record.

Ilustração por Julia Francisca.