O sol está em Virgem

A rendeira, de Johannes Vermeer (1669/1670)

O signo que, nos pequenos gestos, no olhar atento, ouve o pulso da natureza em eterna cadência, ele mesmo uma parte ínfima dessa partitura.
Nada é pequeno demais, tudo tem sua importância.
– Julia Francisca

“Minha mãe cozinhava exatamente:
arroz, feijão roxinho, molho de batatinhas.
Mas cantava.”
Adélia Prado

Canção Mínima

Podemos pensar a Astrologia como uma linguagem que propõe leituras, escritas e traduções do espírito de cada tempo.
Por sua vez, a poesia é uma linguagem que explora a dimensão invisível incrustada nos fatos e eventos visíveis, que escuta os paradoxos do ser-não-ser e nos abre para uma leitura ontológica da vida.
Dessa forma, Astrologia é linguagem poética, que traz leituras de mundo, das narrativas do tempo.
‪#‎tramaceleste‬ ‪#‎astrologia‬ ‪#‎poesia‬

desenho por Julia Francisca
desenho por Julia Francisca